Blog do Zé

 

João Guilherme V. Netto: Desigualdade social e sindicalismo

Por João Guilherme Vargas Netto* O livro organizado pela professora Marta Arretche, da USP, Trajetórias das Desigualdades – como o Brasil Mudou nos últimos 50 anos merece ser lido e estudado. A professora diz que dois alicerces da ciência social comparada foram abalados com a trajetória da desigualdade nos últimos 50 anos. O primeiro sustentava […]

Sobre o encontro entre Dilma e os governadores

A presidenta Dilma reuniu os governadores — numa mesa estranha e no Palácio da Alvorada! –, propôs medidas boas e concretas para combater a violência e reduzir a taxa nacional de homicídios, medidas para reduzir o déficit carcerário e reintegrar os presos na sociedade. São medidas de apoio e expansão do Pronatec Aprendiz, para dar […]

Declaração de David Cameron sobre imigrantes é racista

São racistas as declarações do primeiro ministro do Reino Unido, David Cameron, referindo-se ao imigrantes que tentam entrar no pais via Eurotunel. Cameron falou em um “enxame de pessoas que atravessam o Mediterrâneo à procura de uma vida melhor”. Ao se referir a imigrantes como se fossem insetos, Cameron lembra os nazistas, que se referiam […]

Elite de 71 mil pessoas possui 22,7% da riqueza do Brasil

O topo da pirâmide social brasileira é formado por 71.440 pessoas com renda mensal superior a 160 salários mínimos, totalizando rendimentos de R$ 298 bilhões e patrimônio de R$ 1,2 trilhão em 2013. Os dados foram divulgados na quinta-feira, dia 30, pela primeira vez, pela Receita Federal e publicado hoje no Valor Econômico. Essa elite […]

Metrô, segurança pública, crise hídrica. São Paulo.

A diferença de tratamento, pela imprensa, acerca de problemas no governo do estado e no governo federal é determinada por interesses políticos e partidários. Mas tem consequências graves para a população, porque impede uma avaliação bem informada das políticas públicas e de seu impacto na vida dos cidadãos. Trata-se de um desserviço ao que a imprensa deveria defender, em primeiro lugar: o interesse público.

“Só não concordo com as concessões”

Antonio Carlos Bonaite, sobre “Continuamos na lógica do capital financeiro“: “Só não concordo com as concessões, será que em pleno seculo XXI não tem ninguém que possa pensar num Estado gerindo o dinheiro público com eficiência, administrando segurança, educação, saúde de forma direta sem intermediário. Nas empresas estratégicas e de alta tecnologia público, remetendo os […]

‘Não haverá crescimento até 2018′, diz ex-ministro João Sayad

A entrevista abaixo foi publicada dia 30 de julho pelo Estadão. Nela, o ex-ministro do Planejamento João Sayad, toca em um ponto que reiteramos constantemente neste blog: a crise do Brasil é política, é preciso iniciativa política para sair dela. Assim, colocamos aqui para a reflexão dos leitores. Houve exageros na política econômica do primeiro […]

“Crise humanitária na Venezuela”, uma previsão furada.

O International Crisis Group (ICG) previu, em 2008, que Cuba sofreria uma onda de fome e epidemias depois da passagem dos furacões Gustav, Ike e Paloma pela ilha. Erraram. Cuba chegou a deslocar 300 mil pessoas da província de Pinar Del Río para protegê-las na passagem do Gustav e perdeu bilhões de dólares pela devastação […]

Conseguimos fazer direita espanhola falar de programas sociais, diz líder do Podemos

Por Vanessa Martina Silva, no Opera Mundi Com pouco mais de um ano de existência, o movimento político espanhol Podemos já conquistou cinco deputados no Parlamento Europeu, obteve recentemente as prefeituras das duas principais cidades espanholas, Madri e Barcelona, e tem pautado o debate político na Espanha. “Todos estão mudando. Conseguimos que [os partidos] falem […]

Cultura do Silêncio e Democracia no Brasil, novo livro de Venício Lima.

Democracia: comunicação e política. Por Antonio Albino Canelas Rubim, na Teoria e Debate* Em seu novo livro, Cultura do Silêncio e Democracia no Brasil (Brasília, Editora UNB, 2015), Venício Lima assinala na apresentação que todos os textos selecionados para o livro, escritos nos últimos 35 anos, “contemplam uma preocupação comum – a questão da comunicação […]

Continuamos na lógica do capital financeiro

A inflação cairá, mas a que preço? O pior é que há, haveria outro caminho. Mas não há, no país, maioria e correlação de forças para fazer as reformas necessárias, seja a tributária ou a política. A única boa notícia é que o ciclo de alta da Selic terminou. A má é que podemos ter a mais longa recessão de nossa história, o que exige medidas políticas e econômicas para evitar uma crise social e o agravamento do desemprego.

3º Congresso Nacional da Juventude do PT: Jefferson Lima

“Renovo minha confiança na juventude brasileira que, ao longo de nossa história, esteve à frente das lutas por independência, como a Cabanagem, o 09 de Julho, e a Revolta do Contestado. A juventude que foi às ruas dizer que ‘O Petróleo É Nosso!’, agitou o Comício da Central do Brasil pelas Reformas de Base, jogou as primeiras pedras nas vidraças da ditadura militar, disse em alto e bom som: quero votar para presidente! pintou a cara pelo ‘Fora Collor!’ e pôde conquistar seu estudo técnico, faculdade, primeira casa, empregos e salários e, apesar do genocídio de séculos de opressão segue gritando ‘a juventude quer viver!’ O nosso sonho não vai terminar!”

3º Congresso Nacional da Juventude do PT: Pedro Henrichs

“Apesar de ser um partido considerado jovem, com apelo popular e grandes realizações para o país, o PT não conseguiu fazer sua transição geracional nem garantir este importante debate para dentro do partido. Apesar de ter aprovado para que um percentual de jovens tenha participação nas direções partidárias em todos os níveis, além da candidatura às Câmaras, o PT não internalizou de fato o debate sobre a juventude. “